O Congresso de FIFA teve lugar ontem, de forma virtual, com a participação das 211 Federações filiadas que seguiram o encontro através da plataforma ZOOM.

A Federação Cabo-verdiana de Futebol participou através do Presidente Mário Semedo, cujo ponto forte foi a questão de elegibilidade dos jogadores pelas Seleções Nacionais.

Aqui, a grande novidade é que, a partir de agora, os jogadores com dupla nacionalidade que já tivessem jogado pela Seleção A de um pais poderão fazê-lo para uma segunda Seleção, o que antes não era permitido. 

Entretanto, para que tal possa acontecer são necessárias as seguintes condições:
– Ter menos de 21 anos aquando da sua primeira internacionalização;

– Ter jogado menos de 3 jogos;

– Não ter sido convocado pela primeira Seleção durante 3 anos consecutivos depois do último jogo;

– Não ter participado em nenhum dos jogos das fases finais dos Torneios da FIFA ou das Confederações.

Esta mudança nos Regulamentos foi muito bem acolhida, sobretudo, pelas Federações Africanas, a avaliar pelos resultados da votação (apenas um voto contra).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *